Fundação Macaé de Cultura

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Notícias Notícia Equipe de Cultura de Macaé participa do I Fórum Estadual de Secretários de Cultura

Equipe de Cultura de Macaé participa do I Fórum Estadual de Secretários de Cultura

E-mail Imprimir

 

mmm1

 

Cultura, criatividade e desenvolvimento foram os principais pontos que abriram a discussão do encontro realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, que aconteceu nesta quarta (3), das 9h às 17h,no Centro do Rio de Janeiro, Sala Cecília Meireles, reunindo representantes de todos os municípios fluminenses.

O encontro deu ênfase ao desenvolvimento de Oficinas do Rio Criativo nos municípios, oficinas estas que consistem em consultorias gratuitas e abertas ao público que tem como objetivo estimular e implementar programas para o desenvolvimento de empresas e agentes da Economia Criativa Fluminense. Em Macaé, as oficinas aconteceram 2,3 e 4 de Maio com participação de funcionários da Secretaria Municipal de Cultura.

O atual Secretário de Cultura de Teresópolis, Márcio de Paula, foi eleito Diretor de Articulação Política do Fórum Estadual de Secretários de Cultura, e junto com outros representantes fez parte das mesas de debates discutindo sobre vários temas, entre eles 'O Estado do Rio de Janeiro e sua vocação cultural', 'Marcos Regulatorios da Cultura', 'Economia Criativa' e 'Patrimônio Cultural e Inovação', alem de esclarecimentos sobre os Programas 2017 e 2018 do Estado para a Cultura.

f1

A Secretaria Municipal de Cultura representou o municipio através da Secretária de Cultura,Tânia Jardim, da Diretora da Escola Municipal de Artes Maria José Guedes (EMART), Jaqueline Lima e do Coordenador de Música, Marco Polo. Para Tânia, foi muito importante a troca com outros secretários e concluiu:

- Gratificante estar com Secretários de outros municípios fluminenses, no Fórum Estadual . Troca de experiências e expectativas. O tom de toda discussão é de otimismo . A frase de ênfase comum é : Criatividade tem de superar a falta de recursos financeiros, a Cultura sobrevive pela alma dos artistas e gestores que têm a sensibilidade à flor da pele. Vamos nos unir, discutir e persistir no aguardo do Fundo Estadual de Cultura para que possamos receber verbas de Fundo a Fundo . Por fim, digo e repito: Sem arte o mundo é desumano!

As discussões sobre Cultura e outros temas pertinentes resultaram numa carta de compromisso que foi assinada pelos secretários estabelecendo metas futuras para o municipio: o 'Pacto pela Cultura RJ'.

Sobre o 'Pacto pela Cultura RJ' - Foi elaborado por gestores municipais de Cultura em atividade na sala Cecília Meireles, no dia 3 de Maio de 2017.

Este documento sintetiza a política Cultural, para que juntos os secretários concentrem esforços, recursos, ideias, energia, formando uma aliança de oportunidades e práticas.

O Pacto pela Cultura RJ foi assinado pelos secretários firmando compromissos comuns de desenvolvimento das potencialidades e enfrentamento dos desafios pelos municípios.

Jornalista Mônica Braga

 

 

 

forum 2-

Forum

 

Notas

Macaé promove segundo Seminário sobre Violência

O segundo Seminário sobre Violência, promovido nesta quarta-feira (29), reuniu 160 participantes e colocou em pauta a prevenção de violências contra o sexo feminino, a equidade e a ideologia de gênero machista. O evento, organizado pela prefeitura, aconteceu das 9 às 13 horas e de 14 às 18 horas, no Auditório Cláudio Ulpiano, na Cidade Universitária. A Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Cidadania, a Coordenadoria de Políticas para Mulheres e o Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) foram responsáveis pela programação.

A importância do seminário foi destacada pela Secretária de Desenvolvimento Social, Tatiana Pires. "A violência está em toda parte, em todas as classes sociais, não está restrita à raça, cor de pele, religião. O município tem equipamento de proteção para acolher a mulher vítima de violência, que vem fragilizada, mas é atendida por um trabalho de rede de modo a garantir a essa mulher a segurança", disse a secretária.

Satisfeita com a adesão pública ao evento, a coordenadora de políticas para mulheres e do Ceam, Jane Roriz, evidenciou os dados: em 2016 foram 3.921 atendimentos sociais, psicológicos e jurídicos pela equipe técnica, formada por assistentes sociais, psicólogos e advogados, referenciados por algum órgão que atende as mulheres ou por demanda espontânea.

Fonte: Equipe da SECOM