Fundação Macaé de Cultura

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Notícias Notícia Programação diversificada marca a semana na Cultura

Programação diversificada marca a semana na Cultura

E-mail Imprimir

c1

Espetáculo, dança, Teatro, música, esporte, poesia, entre tantas outras atividades artísticas, marcam a agenda semanal da Cultura.

No Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), bairro Malvinas, profissionais da Cultura continuam, semanalmente, promovendo atividades de ballet, dança de rua, aula de arte circense, mostra de vídeos, contação de histórias, além do funcionamento da biblioteca. Acontecerá na Quinta (11), 14h, reunião do grupo gestor para melhor atender a comunidade local.

No Polo Cultural do Lagomar, semanalmente, são desenvolvidas atividades de Artes visuais, desenho e pintura, com o professor e desenhista Ilzimar Rodrigues.

A equipe de alunos de corfebol do Polo Fronteira, comandada pelo professor Juan participará neste sábado (6), 10h, do Campeonato Carioca de Corfebol no Ginásio Juquinha. No Polo Fronteira, também há outras modalidades oferecidas à comunidade, como capoeira, lambaerobica, ballet, percussão entre outras.

c2

Na região serrana a movimentação cultural também é considerável. O Espaço CriaSana promove, semanalmente, aulas de canto, dança artística, jiu jitisu, grafite, dança maternal Baby, zumba, forró, dança contemporânea, iniciação teatral, ballet e hip hop, além do funcionamento das bibliotecas e o Centro Cultural Antônio Otto de Souza que foi totalmente organizado para realizações de eventos culturais atendendo a população da região serrana.

A proposta semanal A Língua do P, poesia, poetas, povo retornou no mês de Maio, sendo toda quinta-feira, 19h, no Foyer do Teatro Municipal, consiste em reunir os poetas abrindo espaço para interpretação de poesias autorais e de autores consagrados, resgatando leitores poéticos em decréscimo no Brasil, a cada edição um novo tema.

A Escola de Artes Maria José Guedes (EMART) realizará atividades musicais no calçadão da Avenida Rui Barbosa, o objetivo das apresentações é fomentar o comércio local em especial para o dia das mães. Atividade conjunta com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM).

Confira mais atividades na programação abaixo:

Segunda 8/5

*Música Todo Dia - Jazz e Bossa Nova
19h, no Foyer do Teatro

Terça 9/5

*Peça Teatral CHAPEUZINHO QUASE VERMELHO, Teatro Municipal, 15h

Quarta 10/5

*Música Todo Dia - Grupo de Flautas no Foyer do Teatro Municipal, 19h.

*Ensaio Especial da Orquestra Popular de Macaé (OPM), Calçadão da Avenida Rui Barbosa, 15h e Coral às 18h. (Objetivo das apresentações: Fomentar o comércio local em especial para o dia das mães. Solicitação da secretaria de desenvolvimento econômico em parceria com a ACIM).

Quinta 11/5

*Benê Lá Especial, 18h30 na Inauguração da iluminação de LED da Orla da Imbetiba.

Sexta 12/5

* Também para fomentar o comércio, Camerata de Violões, Calçadão da Avenida Rui Barbosa, 18h.

Endereços:

CEU - Final da Rua Principal do bairro Malvinas.

Polo Cultural do Lagomar - Avenida W5, 127. Lagomar.

Ginásio Juquinha - Rua Pereira de Souza, 38, Granja dos Cavaleiros.

Espaço CriaSana - Em frente a Praça Principal do Sana, Região serrana de Macaé.

Polo de Cultura Fronteira - Rua Manoel Marques Monteiro, 724, Fronteira.

Foyer do Teatro Municipal - Avenida Rui Barbosa, 780, Centro.

Jornalista Mônica Braga

c3

c4

balé da Fronteira

ceu

 

Notas

Macaé promove segundo Seminário sobre Violência

O segundo Seminário sobre Violência, promovido nesta quarta-feira (29), reuniu 160 participantes e colocou em pauta a prevenção de violências contra o sexo feminino, a equidade e a ideologia de gênero machista. O evento, organizado pela prefeitura, aconteceu das 9 às 13 horas e de 14 às 18 horas, no Auditório Cláudio Ulpiano, na Cidade Universitária. A Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Cidadania, a Coordenadoria de Políticas para Mulheres e o Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) foram responsáveis pela programação.

A importância do seminário foi destacada pela Secretária de Desenvolvimento Social, Tatiana Pires. "A violência está em toda parte, em todas as classes sociais, não está restrita à raça, cor de pele, religião. O município tem equipamento de proteção para acolher a mulher vítima de violência, que vem fragilizada, mas é atendida por um trabalho de rede de modo a garantir a essa mulher a segurança", disse a secretária.

Satisfeita com a adesão pública ao evento, a coordenadora de políticas para mulheres e do Ceam, Jane Roriz, evidenciou os dados: em 2016 foram 3.921 atendimentos sociais, psicológicos e jurídicos pela equipe técnica, formada por assistentes sociais, psicólogos e advogados, referenciados por algum órgão que atende as mulheres ou por demanda espontânea.

Fonte: Equipe da SECOM