Fundação Macaé de Cultura

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Notícias
Notícias

Solar dos Mellos abre agenda 2017 para projeto Visita Guiada

E-mail Imprimir

 

O Solar dos Mellos/Museu da Cidade recebeu, nesta sexta-feira (17), a visita da primeira escola no projeto "Visita Guiada" em 2017. Trata-se de um projeto voltado a alunos, professores e pesquisadores para difundir informações sobre a história de Macaé e o acervo do museu. Tal proposta é realizada através da exibição de pequenos filmes animados sobre as lendas do município e de explicações sobre a arquitetura e o acervo da casa, realizadas pelo historiador Bruno Rodrigues e pelo guia Felipe Passos.

A reabertura do projeto se deu com a visita dos alunos do Pré-2 do Colégio Aprovado que, junto com seus professores, passaram a conhecer um pouco mais sobre a arquitetura de estilo romântico do século XIX do Solar. Além dessas informações, as crianças também conheceram as exposições permanentes do Museu da Cidade, uma breve história de Cézar Mello – último proprietário da casa- e as lendas urbanas e serranas de Macaé, como Porquinha do Tamanco, Vinagre, João Girá e Biquinha do Amor.

Os interessados em participar do "Visita Guiada" devem entrar em contato com Bruno Rodrigues ou com Eliane Carvalho para agendar suas visitas. O contato pode ser feito pelo telefone 2759-5049 ou no próprio Solar dos Mellos/Museu da Cidade, que fica na rua Conde de Araruama, 248, no Centro.

Jornalista Adriana Bacellar

 

Visita Guiada

 

Alunos de Balé e Capoeira se apresentam na Semana do Artesão

E-mail Imprimir


Mais uma atração cultural que fez parte da II Semana do Artesão, promovida pela Secretaria Adjunta de Trabalho e Renda, em parceria com a Secretaria de Cultura, o Polo de Cultura Fronteira, que trouxe nesta tarde de quinta (16) alunas de balé da professora Juliana e a equipe de Capoeira do Mestre Anu e Gabiru, que mostraram um pouco do trabalho realizado nessa comunidade.


Para Leandro Bastos, coordenador do Polo da Fronteira, foi de considerável importância a participação dos alunos no evento. "Após reunião com essa proposta de apresentarmos algo do Polo, mesmo num curto período de tempo, foi visível o comprometimento do grupo para a realização das apresentações. Muito bom e emocionante estender o nosso trabalho para conhecimento de um público maior e diferenciado. Parabéns a Secretaria de Cultura por essa parceria de sucesso", disse.


A Semana do Artesão é um evento de iniciativa privada, que conta com o apoio da Prefeitura de Macaé, por meio direto da Secretaria Adjunta de Trabalho e Renda e da Secretaria Municipal de Cultura. "Celebrar o artesão é celebrar os artistas macaenses", citou o secretário de trabalho e renda Leonardo Pessanha. E, para Tânia Jardim, secretária de cultura, "O artesanato se incluiu nas atividades importantes que movem o setor econômico e hoje faz parte do caldo cultural do estado e da nação".


A semana do Artesão se encerra nesta sexta (17) fechando a programação cultural com o músico Raphael Miranda da Escola de Artes Maria José Guedes (EMART), que promete encantar o público com repertório variado dando ênfase a Música Popular Brasileira.


O evento está acontecendo na Praça das Artes e Galeria Hindemburgo Olive, a partir das 9h, no prédio do Centro Cultural, que fica na Avenida Rui Barbosa, 780, Centro.


Jornalista Mônica Braga

 

balecapoeira

 

Orquestra Popular de Macaé homenageia Benedito Lacerda

E-mail Imprimir


foto-orquestraA Orquestra Popular de Macaé (OPM) realizou ensaio aberto, na tarde desta quarta-feira (15), homenageando o flautista macaense Benedito Lacerda, pela passagem da data do seu nascimento (14/3). Além de encantar o público relembrando sucessos do flautista, a apresentação da OPM também fez parte da programação cultural da II Semana do Artesão, promovida pela Secretaria Adjunta de Trabalho e Renda, em parceria com a Secretaria de Cultura.
No repertório rico e de arranjos inovadores, a OPM tocou várias composições de Lacerda, destaque para 'Vou vivendo', em parceria com o também memorável Pixinguinha, que retrata a vida boêmia e o amor da alma carioca do início do século XX.

Benedito Lacerda, ilustre macaense, marcou e ainda marca a cidade. Ele deixou imensa bagagem cultural que, até hoje, é refletida em eventos, bares, escritos e lembranças contadas pelos amigos. Verdadeira referência para Macaé.

A OPM faz parte da Escola Municipal de Artes Maria José Guedes (EMART) da Secretaria de Cultura, e realiza seus ensaios abertos toda quarta-feira, 15h, na Praça das Artes, Centro Cultural, com um público cada vez maior. O Centro Cultural fica na Avenida Rui Barbosa, 780, Centro.

Jornalista Mônica Braga

 

Semana do Artesão agita o Centro Macaé de Cultura

E-mail Imprimir

Um colorido especial deu tom à cerimônia que abriu a II Semana do Artesão, nesta segunda-feira (13), no Centro Macaé de Cultura. As metas principais são a capacitação dos profissionais do setor e a celebração do Dia Nacional do Artesão (19). O evento, que vai até sexta-feira (17), expõe para os visitantes e consumidores em torno de 1,8 mil peças de variados formatos, tamanhos e técnicas expressando a criatividade dos artesãos locais, além de oficinas e palestras gratuitas. De iniciativa privada, a programação conta com o apoio da Prefeitura de Macaé, por meio direto da Secretaria Adjunta de Trabalho e Renda e da Secretaria Municipal de Cultura.
Novo gestor de Trabalho e Renda, o secretário Leonardo Pessanha enfatizou a importância do evento. "Celebrar o artesão é celebrar os artistas macaenses. A Semana do Artesão é o primeiro evento do ano e de muitos que vamos abraçar em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda", afirmou. A secretária de Cultura,Tânia Jardim, assinalou que esse é um governo que busca cada vez mais alternativas econômicas para a cidade. "O artesanato se incluiu nas atividades importantes que movem o setor econômico e hoje faz parte do caldo cultural do estado e da nação", destacou.

A representante do Sebrae-Rj, Sílvia Romão, gestora de artesanato, lembrou de que muitos artesãos da cidade e região foram capacitados pela consultoria do escritório Macaé. Entre eles, destacou o Sr. Joelson, artesão especialista em cestaria que utiliza jornais e arame na confecção de cestos de comprovada qualidade e bom gosto. As oficinas e palestras que estão sendo oferecidas no evento são guiadas por profissionais renomados com dicas, técnicas e ensinamentos sobre empreendedorismo, formação de preços, artes e confecções diversas. É uma oportunidade única para os artesões se aperfeiçoarem neste nicho de mercado.

Programação Cultural

Dia 14 - terça (16h) - apresentação da Escola Municipal de Artes - EMART - Camerata de Violões.

Dia 15 - quarta - (15h30) - apresentação da Orquestra Popular de Macaé - OPM.

Dia 16 - quinta - (16h) - apresentação do Polo Cultural Fronteira.

Dia 17 - sexta - (16h) - apresentação de voz e violão, com Raphael da EMART.

Jornalista Marilene Carvalho

 

Cultura apresenta extensa programação

E-mail Imprimir

 

 

Música, teatro, artesanato e descontração fazem parte da programação da Secretaria Municipal de Cultura para esta semana. Participações também estão inseridas, incluindo atividades no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), onde professores oferecem aulas de capoeira, dança, atividades circenses e exibições de filmes, seguidas de roda de conversa e dinâmica. Já a Orquestra Popular de Macaé se apresenta no aniversário de Carapebus nesta segunda-feira (13), às 17 horas.

A Semana do Artesão que tem início hoje (13) e prossegue até sexta-feira (17) na Praça das Artes do Teatro Municipal de Macaé contará com a participação da Cultura em diversas atividades:

Segunda-feira (13), às 16 horas - apresentação da Escola Municipal de Artes (Emart) com trombone, sax e teclado;

Quarta-feira (15), às 15h30min - apresentação da Orquestra Popular de Macaé (OPM);

Quinta-feira (16), às 16 horas - apresentação artística do Polo Cultural Fronteira;

Sexta-feira (17), às 16 horas - apresentação de voz e violão, com Raphael Miranda da Emart.

O Teatro Municipal sediou no domingo (12) a Cerimônia de Entrega de Cordas e oficialização da Escola de Capoeira Bom Caminho. E na quinta-feira (16) e sexta-feira (17), às 11 horas, haverá espetáculo com o grupo As Penélopes, que exibe para o público macaense "O tratado da Senhora Clap", um espetáculo musical infanto-juvenil inspirado na obra de Marta Duque Vaz. A entrada é franca e com a participação também da Secretaria de Educação.

Mônica Braga

 

 

 


Página 7 de 133

Notas

Macaé promove segundo Seminário sobre Violência

O segundo Seminário sobre Violência, promovido nesta quarta-feira (29), reuniu 160 participantes e colocou em pauta a prevenção de violências contra o sexo feminino, a equidade e a ideologia de gênero machista. O evento, organizado pela prefeitura, aconteceu das 9 às 13 horas e de 14 às 18 horas, no Auditório Cláudio Ulpiano, na Cidade Universitária. A Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Cidadania, a Coordenadoria de Políticas para Mulheres e o Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) foram responsáveis pela programação.

A importância do seminário foi destacada pela Secretária de Desenvolvimento Social, Tatiana Pires. "A violência está em toda parte, em todas as classes sociais, não está restrita à raça, cor de pele, religião. O município tem equipamento de proteção para acolher a mulher vítima de violência, que vem fragilizada, mas é atendida por um trabalho de rede de modo a garantir a essa mulher a segurança", disse a secretária.

Satisfeita com a adesão pública ao evento, a coordenadora de políticas para mulheres e do Ceam, Jane Roriz, evidenciou os dados: em 2016 foram 3.921 atendimentos sociais, psicológicos e jurídicos pela equipe técnica, formada por assistentes sociais, psicólogos e advogados, referenciados por algum órgão que atende as mulheres ou por demanda espontânea.

Fonte: Equipe da SECOM